28.03.2013

quinta-feira, 28 de março de 2013

 

“A minha alma se consome de tristeza; fortalece-me segundo a tua palavra. Desvia de mim o caminho da falsidade, e ensina-me benignidade a tua lei.”

Salmos 119:28-29

Para Refletir

Não admira que não haja mais espiritualidade entre a juventude que professa o cristianismo, quando tão pouca atenção é dada à Palavra de Deus. Não se atende aos conselhos divinos; as admoestações não são obedecidas; não se buscam a graça e a sabedoria celestiais a fim de serem evitados os antigos pecados, sendo o caráter purificado de todo vestígio de corrupção. A oração de Davi era: “Faze-me entender o caminho dos Teus preceitos; assim, falarei das Tuas maravilhas.” Sal. 119:27.

Se a mente de nossos jovens, bem como a dos de mais idade, fosse devidamente dirigida, quando juntos, sua conversação recairia sobre elevados temas. Quando a mente é pura, e os pensamentos elevados pela verdade de Deus, as palavras hão de ser do mesmo caráter, “como maçãs de ouro em salvas de prata”. Prov. 25:11. Mas com a compreensão atual, com os hábitos presentes, com a baixa norma com que mesmo professos cristãos se acham satisfeitos, a conversa é vulgar e destituída de proveito. É terrena, e não lembra a verdade, o Céu, nem atinge sequer o nível das mais cultas classes de mundanos. […]

A menos que seja apreciada, a Palavra Sagrada não será obedecida como livro infalível, seguro e precioso. Todo pecado que nos assalta deve ser posto de lado. É preciso batalhar contra ele até que seja vencido. O Senhor cooperará com os vossos esforços. Ao operar o homem finito e pecaminoso sua própria salvação com temor e tremor, Deus é quem efetua nele tanto o querer como o realizar, segundo a Sua boa vontade. Deus não agirá, porém, sem a cooperação do homem. Este precisa exercitar ao máximo suas faculdades; deve colocar-se como apto e dócil aluno na escola de Cristo; e, ao aceitar ele a graça que lhe é oferecida livremente, a presença de Cristo no pensamento e no coração dar-lhe-á firmeza de propósito para desembaraçar-se de todo peso do pecado, a fim de que o coração seja tomado de toda a plenitude de Deus e Seu amor.

(Fundamentos da Educação Cristã – Ellen G. White)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s