12.06.2013

quarta-feira, 12 de junho de 2013

 

“Ovelhas perdidas têm sido o meu povo; os seus pastores as fizeram errar, e voltar aos montes; de monte para outeiro andaram, esqueceram-se do lugar de seu repouso. Todos os que as achavam as devoraram, e os seus adversários diziam: Culpa nenhuma teremos; porque pecaram contra o Senhor, a morada da justiça, sim, o Senhor, a esperança de seus pais.”

Jeremias 50:6-7

Para Refletir

Todos os vossos atos, por mais secretos que julgueis haverem eles sido, acham-se abertos perante vosso Pai celestial. Coisa alguma é oculta, coisa alguma se acha encoberta. Todos os vossos atos e os motivos que os impulsionaram, estão a descoberto aos Seus olhos. Ele tem pleno conhecimento de todas as vossas palavras e pensamentos. Cumpre-vos reger os pensamentos e as ações. Tendes de combater a vã imaginação. Talvez penseis que não pode haver pecado em permitir que os pensamentos sigam seu curso natural, sem restrição. Não é assim, porém. Sois responsáveis diante de Deus pela condescendência com os pensamentos vãos; pois das vãs imaginações surge a prática do pecado, o praticar realmente essas coisas em que a mente se tem demorado. Governai vossos pensamentos, e ser-vos-á muito fácil reger as ações.

Vossos pensamentos precisam ser santificados. Paulo escreve aos coríntios: “Destruindo os conselhos, e toda a altivez que se levanta contra o conhecimento de Deus e levando cativo todo entendimento à obediência de Cristo.” II Cor. 10:5. Ao chegardes a estas condições, a obra de consagração vos será a ambos mais compreensível. Vossos pensamentos serão puros, castos e elevados; puras e santas as ações. Conservareis o corpo em santificação e honra, a fim de que o apresenteis em “sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional”. Rom. 12:1. Requer-se de vós que vos negueis a vós mesmos nas coisas pequenas, assim como nas maiores. Deveis fazer a Deus uma completa entrega; não tendes Sua aprovação no estado em que vos encontrais. …

A fim de corresponder às grandes finalidades da vida, cumpre-vos evitar o exemplo daqueles que buscam seu próprio prazer e satisfação, e não têm diante de si o temor de Deus. Deus tem tomado amplas providências em vosso favor. Tem providenciado para que, se cumprirdes as condições estabelecidas em Sua Palavra, e vos separardes do mundo, possais receber dEle força para reprimir toda influência degradante, e desenvolver o que é nobre, bom e elevado. Cristo será em vós “uma fonte de água que salte para a vida eterna”. João 4:14. A vontade, o intelecto e toda emoção, quando controlados pelo sentimento religioso, têm um poder transformador.

(Testemunhos Seletos [Volume 1] – Ellen G. White)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s