Grupo Religioso Dos EUA Consegue Dinheiro Para Erguer Monumento De Culto A Satanás

Molde inacabado da estátua de Baphomet, símbolo de culto de religiosos com orientação satânica e ocultistaO dinheiro foi levantado por meio de crowdfunding e visava pagar um artista plástico para trabalhar com a construção da estátua que deve ser feita em bronze. O próximo passo é conseguir autorização do governo estadual para a colocação do monumento, em frente ao Capitólio de Oklahoma.

O grupo religioso estado-unidense ‘Satanic Temple’ (Templo Satânico) anunciou na última sexta-feira (2) ter conseguido levantar dinheiro suficiente para a construção da estátua de Satanás por meio de crowd-funding no site Indiegogo, um tipo de ‘vaquinha virtual’.

A quantia de US$ 28 mil dólares é mais que necessária para a confecção em bronze da estátua de Baphomet, que tem cerca de 2,13 metros de altura e que deve ser levantada no estado de Oklahoma, meio oeste dos Estados Unidos da América.

Conforme noticiou o site ABC News, a batalha agora, segundo Lucien Greaves, porta voz do Satanic Temple, é conseguir encontrar um artista plástico para trabalhar com o molde da estátua, que já está pronto.

“Estamos com calma ao invés de ter pressa, o trabalho de escultura do monumento está quase terminado. Ele definitivamente será em bronze. Não quero cravar datas de seu término… mas deve levar mais alguns meses”, comentou Greaves.

Polêmica

Desde que o grupo que cultua satã e o oculto tornou pública sua ideia de construção da estátua e de fincá-la próxima ao capitólio do governo estadual de Oklahoma, bem ao lado de outra estátua religiosa, a da tábua dos dez mandamentos dos cristãos, o Satanic Temple tem levantado a ira de igrejas americanas.

Outra etapa para a concretização do grupo é a autorização dos órgãos estaduais para a colocação da estátua, que já havia sido requerida e que agora se encontra em um imbróglio judicial. Grupos cristãos entraram com uma ação judicial para tentar impedir que o governo dê autorização para a colocação do monumento no local.

De acordo com o congressista Earl Sears, defensor da causa cristã e de orientação conservadora, o monumento de Baphomet – que possui cabeça de um bode, longos chifres, seios e um pentagrama desenhado na testa -, não irá chegar nem perto de ser colocado no capitólio. “É uma afronta às pessoas de bem do nosso estado”, afirmou Sears.

Para Greaves, o que está em jogo é a velha ‘liberdade de expressão e culto’ dos EUA. “Eu argumento que a mensagem por trás do monumento fala mais diretamente à formação dos valores da constituição americana aos dez mandamentos cristãos”, disse Greaves.

Trait Thompson, secretário da comissão que cuida do caso, informou na última sexta-feira (2) que qualquer um pode fazer tal pedido de instalação de um monumento, mas que ‘se tratando deste grupo, eles irão esperar até que o resultado do processo envolvendo cristãos e satanistas seja julgado na justiça americana’.

Fonte: UOL

Nota: O Pior Inimigo do Homem, e Como Vencê-lo 

    “Porei inimizade entre ti e a mulher, e entre a tua semente e a sua semente; esta te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar.” Gên. 3:15. A sentença divina pronunciada contra Satanás depois da queda do homem, foi também uma profecia, abrangendo todos os séculos até ao final do tempo, e prefigurando o grande conflito em que se empenhariam todas as raças dos homens que vivessem sobre a Terra. 

    Deus declara: “Porei inimizade.” Esta inimizade não é entretida naturalmente. Quando o homem transgrediu a lei divina, sua natureza se tornou má, e ele ficou em harmonia com Satanás, e não em desacordo com ele. Não existe, por natureza, nenhuma inimizade entre o homem pecador e o originador do pecado. Ambos se tornaram malignos pela apostasia. O apóstata nunca está em sossego, exceto quando obtém simpatia e apoio, induzindo outros a lhe seguir o exemplo. Por este motivo os anjos decaídos e os homens ímpios se unem em desesperada união. Se Deus não Se houvesse interposto de maneira especial, Satanás e o homem teriam entrado em aliança contra o Céu; e, ao invés de alimentar inimizade contra Satanás, toda a família humana se teria unido em oposição a Deus. 

    Satanás tentou o homem a pecar, assim como fizera com que os anjos se rebelassem, para deste modo poder conseguir cooperação em sua luta contra o Céu. Nenhuma dissensão havia entre ele e os anjos caídos, no tocante a seu ódio a Cristo; ao passo que em todos os outros pontos havia discórdia, uniram-se firmemente na oposição à autoridade do Governador do Universo. Mas, quando Satanás ouviu a declaração de que existiria inimizade entre ele e a mulher, e entre a sua semente e a semente dela, compreendeu que seus esforços para depravar a natureza humana seriam interrompidos; que por algum meio o homem seria habilitado a resistir ao seu poder. 

    A inimizade de Satanás contra a raça humana é avivada pelo motivo de serem as criaturas humanas, mediante Cristo, objeto de amor e misericórdia de Deus. Ele se empenha em subverter o plano divino para a redenção do homem, desfigurando e corrompendo a obra de Suas mãos, para lançar desonra a Deus; deseja dar origem a pesares no Céu e encher a Terra de desgraças e desolação. E aponta para todo este mal como resultado da obra de Deus ao criar o homem. 

    É a graça que Cristo implanta na alma, que cria no homem a inimizade contra Satanás. Sem esta graça que converte, e este poder renovador, o homem continuaria cativo de Satanás, como servo sempre pronto a executar-lhe as ordens. Mas o novo princípio na alma cria o conflito onde até então houvera paz. O poder que Cristo comunica, habilita o homem a resistir ao tirano e usurpador. Quem quer que se ache a aborrecer o pecado em lugar de o amar, que resista a essas paixões que têm dominado interiormente e as vença, evidencia a operação de um princípio inteiramente de cima. 

    O antagonismo que existe entre o espírito de Cristo e o de Satanás, revelou-se na maneira mui flagrante com que o mundo recebeu a Jesus. Não foi tanto porque Ele aparecesse sem riquezas, pompas, ou grandiosidade mundanas, que os judeus foram levados a rejeitá-Lo. Viam-nO possuir poder que faria mais do que compensar a falta dessas vantagens exteriores. A pureza e santidade de Cristo, porém, valeram-Lhe o ódio dos ímpios. Sua vida de renúncia e impecável devotamento, era perpétua reprovação a um povo orgulhoso, sensual. Foi isto que provocou inimizade contra o Filho de Deus. Satanás e os anjos caídos uniram-se aos homens maus. Todas as energias da apostasia conspiraram contra o Campeão da verdade.” O Grande Conflito [P. 505-506]

Anúncios

Sobre Silvio L. Marcelino

Cristão (Adventista do Sétimo Dia). Tecnólogo em Marketing, Licenciado em História - Atualmente atua como Professor de História.
Esse post foi publicado em Satanismo. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s