Uma Grave Advertência Para A Igreja

Uma grave advertência para a igrejaVocê tem percebido que a igreja se encontra em estado de sonolência espiritual? Alguns acham que não, outros dizem que sim.

Sabemos pela revelação bíblica que estamos vivendo no período dos “eventos finais” da profecia. Contudo, uma das mais graves profecias diz respeito à mornidão em que a igreja se encontra neste “tempo do fim” (Cf. Apocalipse 3:14-22). Uma igreja morna também pode significar seu estado de torpor, embriaguez e sonolência espiritual.  Exatamente no momento em que deveria encontrar-se mais atenta, consagrada e separada para Deus, a igreja dorme, em estado de mornidão. Sendo assim, o que faz com que a igreja durma, neste momento tão delicado?

O profeta Jeremias, cheio do Espírito Santo, faz uma denúncia terrível a igreja: “Pelo que foram retiradas as chuvas, e não houve chuva serôdia; mas tu tens a fronte de prostituta e não queres ter vergonha” (Jeremias 3:3).

Para Jeremias a razão da sonolência da igreja está no espírito de prostituição acalentado no coração de Seu povo. Deste modo, a chuva serôdia prometida tem sido adiada sobre a coletividade atual. Assim que Deus concluir “Seu ato de juízo”, que separa os fiéis dos infiéis, finalmente derramará sobre a igreja Sua chuva de poder.

Oséias também foi convocado pelo Senhor com a mesma palavra profética: “O seu proceder não lhes permite voltar para o seu Deus, porque um espírito de prostituição está no meio deles, e não conhecem ao SENHOR” (Oséias 5:4).

O espírito de prostituição espiritual é a condição mais alarmante da igreja de Deus, segundo Oséias. Infelizmente, muitos não voltarão desta condição, entretanto, fica implícito no texto que haverá um remanescente, com sempre houve, que atenderá ao apelo e se despertará – porque conhecer ao Senhor será a sua maior e mais urgente necessidade.

Zacarias apresenta a condição para a chuva serôdia ser derramada: “Se alguma das famílias da terra não subir a Jerusalém, para adorar o Rei, o SENHOR dos Exércitos, não virá sobre ela a chuva” (Zacarias 14:17).

O profeta alerta que as famílias devem subir ao monte da adoração, comunhão e intimidade com Deus. A cada dia, elas devem rogar ao Senhor pela chuva do Espírito Santo. Esta é a atitude que separa os fiéis dos infiéis, ou seja, os que buscam, dos que não buscam a Deus.

A igreja de hoje encontrara-se sob terrível reprovação divina, mas ainda não foi rejeitada por Deus. É tempo de profundo arrependimento e de acordamos do sono espiritual. O momento é grave e precisamos reagir pela força divina.

O apóstolo Paulo apresenta seu conselho amoroso, dizendo: “…Desperta, ó tu que dormes, levanta-te de entre os mortos, e Cristo te iluminará. Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios, e sim como sábios, remindo o tempo, porque os dias são maus. Por esta razão, não vos torneis insensatos, mas procurai compreender qual a vontade do Senhor. E não vos embriagueis com vinho, no qual há dissolução, mas enchei-vos do Espírito, falando entre vós com salmos, entoando e louvando de coração ao Senhor com hinos e cânticos espirituais, dando sempre graças por tudo a nosso Deus e Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo, sujeitando-vos uns aos outros no temor de Cristo. (Efésios 14:21).

A igreja continuará sendo sacudida até que o trigo fique separado do joio (Cf. Mateus 13:24-30). Lembre-se, o trigo fica na igreja de Deus, mas o joio sai. O que determinará de que lado nos encontraremos, finalmente, são as nossas atitude de hoje, mediante a busca pelo “conhecimento do Senhor”. Atenda ao chamado, aceite o convite do Espírito e levante-se!

Manassés Queiroz

Anúncios

Sobre Silvio L. Marcelino

Cristão (Adventista do Sétimo Dia). Tecnólogo em Marketing, Licenciado em História - Atualmente atua como Professor de História.
Esse post foi publicado em Declínio das Religiões, Mensagem de Esperança, Mudança de Vida, Reavivamento & Reforma, Relação Com Deus, Um Bom Conselho. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s