Apelo A Uma Jovem Rebelde

Vossa mente é impura. Fostes por muito tempo poupada tanto dos cuidados como do trabalho. Os deveres caseiros teriam sido uma das mais ricas bênçãos de que poderíeis ter desfrutado. O cansaço não vos teria prejudicado nem um décimo do que vos prejudicaram os vossos pensamentos e conduta lascivos. Tendes recebido idéias incorretas quanto à associação de moços e moças, e tem sido muito de acordo com a índole de vossa mente estar em companhia de moços.

Vosso coração e mente não são puros. Tendes sido prejudicada pela leitura de histórias de amor e romances, e vosso espírito se tem deixado fascinar por pensamentos impuros. Vossa imaginação tem-se tornado corrompida até parecer não terdes força para dominar os pensamentos. Satanás vos leva cativa de acordo com sua vontade. …

Vossa conduta não tem sido pura, modesta ou conveniente. Não tendes o temor de Deus diante de vossos olhos. Com tanta freqüência tendes dissimulado para realizar os vossos planos que carregais uma consciência violada. Minha querida moça, a menos que pareis justamente onde estais, a ruína estará certamente diante de vós. Cessai vossos devaneios, a construção de castelos. Fazei cessar vossos pensamentos de correr no caminho da loucura e da corrupção.

Não vos podeis associar seguramente com os jovens. Levanta-se e surge em vosso peito uma onda de tentação, tendo a tendência de desarraigar o princípio, as virtudes femininas e a verdadeira modéstia. Se seguirdes vossa conduta voluntariosa e obstinada, qual será a vossa sorte? … Correis perigo, pois estais justamente a ponto de sacrificar os interesses eternos no altar da paixão. A paixão está obtendo positivo domínio de todo o vosso ser – e paixão de que qualidade? De natureza baixa, destruidora. Cedendo a ela, amargurareis a vida de vossos pais, trareis tristeza e vergonha às irmãs, sacrificareis o próprio caráter e perdereis o Céu e uma gloriosa vida imortal. Estais pronta a fazê-lo? …

Sois presumida. Amais os rapazes e gostais de fazer deles o tema de vossa conversa. “Do que há em abundância no coração, disso fala a boca.” Mat. 12:34. Os hábitos se têm tornado poderosos para vos dominar, e aprendestes a enganar a fim de levar a cabo vossos propósitos e realizar vossos desejos.

Não considero perdido vosso caso; se considerasse, minha pena não estaria traçando estas linhas. Com o poder de Deus, podereis redimir o passado. …

Evitai os rapazes. Em sua companhia, vossas tentações tornam-se sérias e poderosas. Tirai o casamento de vossa cabeça de menina. De maneira alguma estais preparada para ele. Necessitais de anos de experiência, antes de estardes habilitada a compreender os deveres e assumir as responsabilidades da vida de casada. Positivamente, guardai vossos pensamentos, vossas paixões e afeições. Não os degradeis para servirem à concupiscência. Elevai-os à pureza; dedicai-os a Deus.

Podeis tornar-vos moça prudente, modesta e virtuosa, mas não sem ardoroso esforço. Deveis vigiar, orar, meditar, deveis indagar vossos motivos e ações. Analisai intimamente vossos sentimentos e ações. Praticaríeis na presença de vosso pai um ato impuro? Não, verdadeiramente não. Mas o fazeis na presença de vosso Pai celestial, que é muito mais excelso, tão santo, tão puro! Sim; corrompeis o corpo na presença dos anjos puros e sem pecado e na presença de Cristo; e continuais a fazê-lo sem respeitar a consciência, sem tomar em consideração a luz e as advertências dadas. Lembrai-vos de que se faz um relatório de todos os vossos atos. Deveis defrontar-vos novamente com as coisas mais secretas de vossa vida. …

Novamente vos advirto, como alguém que deve deparar com estas linhas naquele dia em que o caso de cada um será decidido. Entregai-vos a Cristo sem demora; só Ele, pelo poder de Sua graça, vos poderá redimir da ruína. Apenas Ele poderá levar vossas faculdades morais e mentais a um estado de saúde. Vosso coração pode estar aquecido com o amor de Deus; o entendimento, claro e maduro; a consciência,   iluminada, viva e pura; a vontade, reta e santificada, sujeita ao domínio do Espírito de Deus. Podeis fazer de vós mesma o que escolherdes. Se vos volverdes justamente agora, se cessardes de fazer o mal e aprenderdes a fazer o bem, então sereis verdadeiramente feliz; tereis êxito nas pelejas da vida e vos levantareis para a glória e honra, na vida melhor que esta. “Escolhei hoje a quem sirvais.” Jos. 24:15. [P. 452-455]

Orientação da Criança – Ellen G. White

Anúncios

Sobre Silvio L. Marcelino

Cristão (Adventista do Sétimo Dia). Tecnólogo em Marketing, Licenciado em História - Atualmente atua como Professor de História.
Esse post foi publicado em Comportamento, Espírito de Profecia, Estilo de Vida, Sexualidade. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s