A Razão do Homem X a Razão de Deus

Você é mais “razão” ou “emoção”? Algum dia, já teve que responder a essa pergunta? Normalmente, aqueles que se acham mais “razão” se orgulham de suas teorias e possuem opiniões muito fortes sobre a vida e as coisas espirituais.

Jesus Cristo passou os seus anos de ministério na terra procurando incutir na mente dos seus discípulos os Seus sonhos e Sua razão. Ele queria tirá-los da “razão obscura” (do homem) e conduzi-los à “razão plena” (de Deus). Cristo queria que eles enxergassem as coisas espirituais de forma espiritual, mas eram resistentes.  Ao falar sobre o “Reino do Deus”, eles só conseguiam entender o “Reino de Deus” como algo terreno, material e temporal.

Será que não teríamos a mesma dificuldade? Conseguimos nós entender com a razão divina as coisas espirituais?

O evangelho é o grande plano de Deus para resgatar a mente do ser humano e conduzi-la à “razão plena”, a lucidez eterna. Porque toda ação de Deus é racional, Ele não age por impulso ou sentimentos.

Mas, como entender a razão de Deus? Parece ser tão difícil compreender a lógica divina – Ele está sempre surpreendendo. A razão de Deus está baseada em Sua onisciência, ao passo que a nossa é sega e não consegue discernir a vida por si mesma.

Encontramos no cântico de Moisés a seguinte frase: “Tomara fossem eles sábios! Então, entenderiam isto e atentariam para o seu fim” (Deuteronômio 32:29).  Jó também declara: “Longe de mim que eu vos dê razão! Até que eu expire, nunca afastarei de mim a minha integridade” (Jó 27:5). O Salmista pergunta: “Por que razão despreza o ímpio a Deus, dizendo no seu íntimo que Deus não se importa?” (Salmo 10:13). Jesus questiona e dá a resposta: “Qual a razão por que não compreendeis a minha linguagem? É porque sois incapazes de ouvir a minha palavra” (João 8:43).

Sim, no plano de Deus está previsto o crescimento da mente, coração e espírito. Desse modo, o primeiro grande desafio é a entrega do “eu” para a restauração e renovação da mente (Rom. 12:2). Deus tem uma “razão plena” para compartilhar com os Seus filhos, a fim de torna-los sábios e conscientes sobre as coisas da vida, os sinais dos tempos e os mistérios do Seu Reino.

O evangelho é todo racional porque tudo tem um motivo brilhante, uma lógica maravilhosa. Contudo, quando não entendemos a lógica de Deus, precisamos fazer uso da fé. Temos que entender que um dia conheceremos todas as coisas e tudo ficará claro e veremos como Deus nos amou.

Precisamos buscar e confiar em Deus, crer que Sua razão é perfeita e tem como meta principal aos Seus filhos obedientes à salvação.

Fonte: Alcance o Poder

Anúncios

Sobre Silvio L. Marcelino

Cristão (Adventista do Sétimo Dia). Tecnólogo em Marketing, Licenciado em História - Atualmente atua como Professor de História.
Esse post foi publicado em Bíblia: Fonte da Verdade, Ciência e Religião. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s